Publicidade Marcilio Noticias

Durante entrevista coletiva à imprensa de Naviraí e região, o pré-candidato a governador pelo PDT, juiz Odilon de Oliveira, disse que Mato Grosso do Sul para ser competitivo economicamente necessita restabelecer a moralidade na gestão pública e reduzir os gastos, além do combate à corrupção.

Ele respondeu a questionamentos de profissionais de rádios, jornais e portais de notícias locais. Dentre eles, como tornar o Estado mais competitivo. “Temos que enxugar a máquina, restabelecer a moralidade e a ética, policiar os gastos e prevenir a sonegação. Assim, vamos incentivar a implantação de novas indústrias e o comércio em nosso estado”, respondeu Odilon.

Em relação a alta carga tributária e o movimento dos caminhoneiros, o juiz Odilon disse que os caminhoneiros estavam certos em fazer a paralisação. “O atual governo está atrasado em mais de dois anos e meio em reduzir a alíquota do diesel. Só depois do movimento contundente dos caminhoneiros e vendo a disputa eleitoral se acirrar ele tomou providência”, lamentou. Para ele, se o governo inspirar segurança e confiança vai arrecadar mais e não será preciso aumentar tributo.


Deixe a repetição