GAECO deflagra Operação bolsão em quatro cidades do interior do Estado

Publicidade Marcilio Noticias

Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) realiza operação Bolsão nesta manhã de segunda-feira (13/02), em quatro cidades do Estado na região do Bolsão: Cassilândia, Paranaíba, Chapadão, e Aparecida do Taboado.

Há cumprimento de 16 mandados de busca e apreensão, dentre os alvos estão as Agências Fazendárias de Cassilândia e Paranaíba e a sede da Secretaria de Estado de Receita e Controle de Paranaíba. São 04 mandados de prisão temporária e 06 mandados de condução coercitiva, dentre eles de dois auditores fiscais lotados nas cidades de Paranaíba e Cassilândia.

As residências dos investigados são alvos de busca e escritórios de contabilidade, também.

A Operação ocorre em 04 cidades de MS: Paranaíba, Cassilândia, Aparecida do Taboado e Chapadão do Sul. Envolve 06 Promotores de Justiça e 32 policiais militares.

A investigação tem por objetivo apurar a prática dos crimes de associação criminosa, concussão (extorsão praticada por funcionário público) e falsidade ideológica, tendo como vítimas empresários destas localidades que, a pretexto de terem reduzidas ou perdoadas dívidas junto ao fisco estadual, eram compelidos a pagar propina a auditores fiscais do Estado, que se valiam de terceiros e contadores para a exigência da propina e seu recebimento.

As ordens foram expedidas pelo Juiz da Vara Criminal da Comarca de Paranaíba, local onde se concentram as prisões e o maior número de alvos.

Iviagora


Deixe a repetição