Publicidade Marcilio Noticias

Jovem de 19 anos foi preso pela 6ª Companhia Independente da Polícia Militar no início da  tarde deste sábado, por matar o cachorro dos avós com seis facadas depois de chegar em casa embriagado, na região do Vilas Boas, em Campo Grande. Ele foi encaminhado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, ouvido e liberado.

Segundo boletim de ocorrência, mulher de 60 anos acionou a PM informando que o neto havia matado o animal de estimação. Ela relatou aos policiais que o rapaz chegou por volta do meio-dia, bastante alterado, aparentando estar embriagado ou sob efeito de drogas.

Ele teria ido para o quarto, onde chutou a porta do guarda-roupas. O cão estava próximo, se assustou com o barulho e instintivamente reagiu, atacando o rapaz com uma mordida no calcanhar. O autor então deu um soco no animal, se armou com uma faca e desferiu vários golpes até matá-lo.

À polícia, o rapaz disse que não consumiu drogas e que apenas ingerido bebida alcoólica. Ele se justificou alegando que o cão era bravo e que foi atacado com uma mordida logo ao entrar no quarto. Diante dos fatos, os policiais apreenderam a faca usada na ação e conduziram o suspeito para a delegacia, pelo crime de maus-tratos a animais.

Antes, ele foi levado até à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Universitário, onde passou por atendimento médico por conta de uma lesão na mão em razão do soco e do pequeno ferimento provocado pelo animal. A responsável pelo cão foi orientada a encaminhar o corpo para o Centro de Zoonoses, para descarte apropriado. Depois de prestar esclarecimentos, o jovem foi liberado pela Polícia Civil.

MIDIAMAX


Deixe a repetição