Publicidade Marcilio Noticias

Nos últimos dias, Mato Grosso do Sul registra temperaturas elevadas e baixa umidade relativa do ar, especialmente à tarde.

Conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia, Campo Grande segue como uma das capitais que registrou a menor umidade relativa do ar, chegando a 29 % nesta última segunda-feira (10).

Assim, o mapa de distribuição de precipitação disponibilizado pelo Centro Nacional de Previsão Ambiental (órgão ligado ao NOAA/EUA), mostra que não há expectativa de chuva em Mato Grosso do Sul no periodo de 11 a 19 de junho de 2019.

Já no período de 19 a 27 de junho de 2019, a condição para estiagem seguirá em praticamente todo Mato Grosso do Sul. Com exceção da região extremo sul do Estado em que é esperado o acumulado máximo de 5 milimetros no periodo.

Segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, as condições observadas em Mato Grosso do Sul estão associadas ao padrão de escoamento anticiclônico anômalo, localizado a médios e baixos níveis da troposfera, que dificutam o avanço das frentes frias e reduzem os níveis de umidade relativa do ar.

Fonte: INMET – CPTEC/INPE
Foto: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Por: Franciane R.


Deixe a repetição