Publicidade Marcilio Noticias

A Polícia Militar de Três Lagoas usou a tecnologia para elucidar um crime que chocou a cidade na noite de ontem, 22.

A esposa de um empresário, que mora nas proximidades da circular da Lagoa, foi mantida refém por uma dupla de assaltantes, por volta das 18h. Ela voltava do interior paulista quando chegou em casa e se deparou com os dois “fazendo a limpa” na casa.

Ao perceberem a mulher, de 60 anos, entrar em casa, os bandidos a amordaçaram, amarraram suas mãos e a agrediram com coronhadas, causando um ferimento na cabeça da vítima.

Após carregarem o carro da vítima com objetos, os bandidos saíram da casa com o veículo. Um vizinho percebeu a movimentação estranha, ligou para o filho da vítima que mora nas proximidades que acionou a Polícia Militar.

Como os homens levaram o celular dela, os policiais rastrearam o aparelho e conseguiram apanhar um dos bandidos, que estava com o carro da vítima, um Kia Sportage, na região da Cascalheira, no bairro do Jupiá.

Segundo testemunhas, o bandido efetuou troca de tiros com a Força Tática. O elemento identificado como Ancelmo de Souza Diniz, de 38 anos, morreu no local. Outro, ainda não identificado, conseguiu fugir. Toda a ação, desde o assalto até a morte do bandido, levou menos de uma hora.

Constatada a morte do assaltante, a Polícia Civil foi acionada e o delegado, Gabriel Salles, esteve no local, juntamente com investigadores e a Perícia Técnica, para fazer um levantamento minucioso no local e tentar descobrir alguma pista que levasse ao paradeiro do comparsa.

Homem estava no carro da vítima e atirou contra a polícia antes de ser atingido. Foto: Divulgação.Homem estava no carro da vítima e atirou contra a polícia antes de ser atingido. Foto: Divulgação.

CAÇADA

De acordo com o Comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar de Três Lagoas, Major Ênio de Souza, os policiais estão perto de prender o segundo suspeito. Uma verdadeira caçada foi empreendida desde ontem e a polícia já tem suspeitas de quem seria o homem. Equipes da SIG, da Polícia Civil, também estão empenhadas nas investigações para capturar o segundo assaltante.

Para o empresário, que prefere não ser identificado, a ação da polícia foi eficaz. “Só tenho a agradecer à polícia, que agiu prontamente e conseguiu pegar um dos bandidos. Agora, espero a captura do segundo”, disse o homem ao Perfil News.

A mulher agredida foi submetida a atendimento médico, mas passa bem e se recupera em casa.

FICHA CORRIDA

O homem morto pela PM tinha uma ficha de antecedentes criminais enorme. O Perfil Newsteve acesso à ficha corrida do sujeito e, dentre as 20 ocorrências registradas, destacam-se várias de ameaça, roubo, porte ilegal de arma de fogo e violência doméstica.


Deixe a repetição